ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Edição 17

    ANO VI - OUT/2020

    /

    Artigo

    O profissional do novo saneamento

    em 30 de Outubro de 2020

    Eder Campos

    O saneamento é um setor muito importante e pouco percebido para atração de talentos. Com suas peculiaridades, muitas vezes gera o contexto de ser “auto referenciado”. Nesse sentido, o principal atributo para o profissional deve ser o olhar expandido. Ver e comparar soluções de outros setores, inovar por meio da adaptação do mundo externo à nossa atividade. Ser um profissional de mentalidade aberta e de crescimento, buscar se desafiar e melhorar de modo contínuo, sempre aprendendo.

    Há, claro, a questão da técnica, de conhecer os processos de engenharia e operação. Mas o saneamento é uma área de muita prática. A qualificação deriva muito da exposição ao problema, vivenciar com esse olhar de sempre aprender.

    A qualificação aqui não difere muito dos demais setores. Há um conjunto de soft skills necessárias que se faz presente para o profissional: desenvolver capacidade de se relacionar com pessoas, ver e perceber o outro, praticar empatia. Engajar sua equipe e exercer todas as competências de um gestor de sucesso. A parte específica – água, esgoto, relação com clientes – é conteúdo que vai sendo agregado na carreira do profissional comprometido.

    A abertura que surge com o novo marco legal é um momento especial para o setor. É fundamental para atrair profissionais de outras áreas e trazer outras visões. Isso já vem acontecendo e pode se acelerar.

    É preciso que bons profissionais, incluindo os mais jovens, sejam atraídos para vivenciar esse nosso setor, que tem uma grande vantagem: é fácil ver propósito na nossa atuação.

    Saneamento é vida! Saneamento é serviço de prestação continuada, que envolve a busca da visão do cliente, que envolve desde o desenvolvimento da empatia, até a necessidade de inovação, como criar uma melhor experiência no olhar de quem utiliza nossos serviços.
    Ter essa visão do negócio é o caminho da transformação.

    * Éder Campos é responsável pela área de Clientes e Inovação da Iguá Saneamento

    Compartilhe: