ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Novas opiniões sobre iniciativa privada e o saneamento

    28/10/2015

    28-CBESA---06OUT15-(67)Durante a FITABES, paralelamente ao 28º Congresso da ABES, a ABCON e o SINDCON promoveram um levantamento entre mais de 200 profissionais e dirigentes ligados à área de saneamento, que estiveram no estande das entidades. A iniciativa mostrou que a percepção sobre a presença da iniciativa privada no setor é maior, apesar da resistência de alguns mitos.

    Para 30% dos entrevistados, a falta de interesse político é o principal motivo que impede o Brasil de avançar para alcançar a universalização dos serviços públicos de água e esgoto. Outros motivos bastante citados foram a falta de uma gestão eficiente (29%) e de investimento (24%).

    A falta de vontade política (37%) e a instabilidade no cenário político (25%) foram os motivos mais citados como impedimento à participação da iniciativa privada no saneamento.

    Entre os resultados considerados positivos está a percepção de que a colaboração entre a esfera pública e a privada é uma alternativa para alavancar o setor (96% consideram essa opção válida para acelerar a universalização dos serviços).

    Compartilhe: