ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Saneamento básico avança em Primavera do Leste e garante investimentos de mais de R$ 78 milhões

    30/03/2021

    Este compromisso foi firmado por meio da repactuação do contrato de concessão, assinado nesta sexta-feira (26.03)

    O município de Primavera do Leste deu um importante passo para avançar com o saneamento básico. Nesta sexta-feira (26.03), foi apresentado um amplo programa de obras estruturantes, na sede das Promotorias de Justiça. Este compromisso foi firmado por meio da repactuação do contrato de concessão, assinado entre o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), a Águas de Primavera, Prefeitura Municipal, Agência de Regulação (Ager Barra). Um total de investimentos extras ao contrato, que somam mais de 78 milhões, gerando melhorias importantes que acontecerão entre os anos 2021 e 2027.

    O evento contou com a presença do prefeito municipal, Leonardo Bortolin, secretário de Agricultura e Meio Ambiente Clovis Albuquerque, promotor de justiça, Adriano Alves, diretora-presidente da Ager Barra, Maria Oliviecki, presidente da Câmara Municipal, vereador Manoel Mazutti, e os representes da Águas de Primavera, diretor-presidente André Bicca, e o diretor-executivo, Robson Cunha, além de autoridades públicas, servidores, colaboradores da concessionária e imprensa. O encontro foi realizado respeitando as orientações das autoridades sanitárias e da Organização Mundial da Saúde para o enfrentamento ao coronavírus.

    Na solenidade, o diretor-presidente da Águas de Primavera, André Bicca, destacou a importância da união entre os poderes públicos e a concessionária para continuar promovendo ações e melhorias que vão beneficiar a população. “Nosso compromisso é contínuo e, por isso, queremos evoluir ainda mais. Graças a essa união, ações baseadas em muita pesquisa e planejamento serão colocadas em prática para juntos garantirmos o crescimento de Primavera do Leste nas próximas décadas. Acreditamos que parcerias como esta são essenciais para a evolução do saneamento, levando mais saúde, dignidade, qualidade de vida e, assim, gerar desenvolvimento socioeconômico e melhores condições de vida aos primaverenses”, afirma.

    A diretora-presidente da Ager Barra, Maria Oliviecki, reforçou o papel da agência para assegurar a qualidade dos serviços públicos prestados e os benefícios da assinatura do aditivo ao contrato de concessão. “As agências reguladoras são órgãos que fiscalizam, regulamentam e fazem o controle dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas. Nessa perspectiva com esse novo aditivo contratual, a Ager Barra vem para garantir não só a conclusão das obras, mas também a qualidade e transparência desse procedimento, viabilizando estudos técnicos e econômicos. Essa iniciativa será um case de sucesso de Primavera do Leste para outras cidades e o a população será a maior beneficiada”.

    Para o prefeito municipal, Leonardo Bortolin, esse é um momento histórico que vai garantir melhorias importantes para o desenvolvimento da cidade. “Esse é o maior investimento que conseguirei participar enquanto gestor para mudar de fato a qualidade de vida das pessoas. Tivemos coragem para enfrentar diversos problemas que se arrastam durante anos, como a Estação de Tratamento de Esgoto, que se encontra no perímetro urbano e será desativada para a construção de uma nova estrutura afastada da cidade e com modernas tecnologias. Acredito que esse é um compromisso que vai promover sonhos, ao levar também esgoto para os bairros que esperam há décadas pelo serviço. Quero agradecer as pessoas que confiaram no nosso trabalho e ajudaram a construir alternativas para solucionar as principais necessidades do nosso município e que vão gerar melhorias significativas tanto na infraestrutura de Primavera do Leste quanto na vida da população”.

    “Essa é uma discussão que começou há anos e que envolveu diversos atores como a sociedade, Agência de Regulação, gestão municipal, imprensa e a concessionária e, nos últimos anos progrediu muito. Conseguimos chegar a um entendimento e finalizar com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Estamos construindo um novo marco para Primavera do Leste, é um sonho antigo que vai mudar a história da cidade e promover o desenvolvimento econômico e social de Primavera do Leste, com mais empregos, investimentos e disponibilidade hídrica até 2040”, disse o promotor de justiça, Adriano Roberto Alves.

    OBRAS E MELHORIAS

    O pacote de ações envolve várias frentes de obras que já estão em andamento e que vão ampliar e modernizar os sistemas de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto. O diretor-executivo da Águas de Primavera, Robson Cunha, explica que novas adutoras serão implantadas para captar água do Córrego dos Bois, conforme previsto no Plano Municipal de Saneamento Básico. “Até 2025, serão implantados mais 4 km de adutora, alcançando o Rio dos Perdidos, de onde será captada a água. Um investimento de 30,4 milhões que será feito em etapas, com o objetivo de suprir a demanda hídrica do município até 2040”.

    Ainda segundo o diretor-executivo, também fazem parte do plano para o desenvolvimento de Primavera melhorias importantes para o sistema de esgotamento sanitário. Será construída uma nova Estação de Tratamento de Esgoto, mais afastada do perímetro urbano. A atual estrutura, localizada no Jardim Riva será desativada. “Preservando as recomendações sanitárias e ambientais, a nova ETE deve ser entregue até dezembro de 2025, trazendo para Primavera os mais modernos padrões de tratamento de esgoto, o que vai aumentar a capacidade de tratar o esgoto e devolvê-lo com segurança para a natureza”, pontua.

    A rede coletora de esgoto vai chegar ao bairro mais antigo, o Castelândia I, com 12 km de extensão e três novas elevatórias de esgoto. As obras irão começar em 2022, com conclusão prevista para 2023. Serão aplicados investimentos de R$ 6,5 milhões. Outros bairros também serão contemplados com os investimentos da rede de esgoto: Castelândia II, III e a IV, Jardim Progresso I e II, Jardim Santa Clara I e II, Gnoato, Jardim Milano, Jardim Serra das Flores, Cohab Tancredo Neves, Cristo Rei e São José. Até 2027, serão mais de 13 km de rede e uma nova elevatória de esgoto, beneficiando mais de 4 mil pessoas, com investimentos de R$ 9,6 milhões.

    Além disso, para garantir também o crescimento econômico, as redes de água e esgoto vão atender o Distrito Industrial IV. Na região, serão construídos um novo poço tubular profundo e um novo reservatório para 250 mil litros de água. As obras contam com investimento da ordem de R$ 6,5 milhões.

    RESPONSABILIDADE SOCIAL

    Para a Águas de Primavera tão importante quanto investir em infraestrutura, é poder promover ações sociais e de sustentabilidade, contribuindo com o fomento da educação ambiental e a preservação do meio ambiente. Além de um pacote de ações para ampliar e modernizar os sistemas, como a implantação das redes de água e esgoto e as ligações das 60 casas do Projeto “Vida Nova”, fazem parte do plano para o desenvolvimento de Primavera do Leste programas e projetos sociais nas escolas, nos bairros com lideranças comunitárias, mantendo a responsabilidade da concessionária com o meio ambiente e a sociedade.

    Para mais informações sobre os trabalhos, projetos e ações desenvolvidas pela concessionária, acesse www.aguasdeprimavera.com.br. A empresa fica à disposição da população pelo atendimento 24h no número 0800 647 6060 (ligação de telefone fixo e celular) ou via WhatsApp pelo número (66) 99724-2963.

    Acompanhe nossas ações e curta a página da Águas de Primavera no Facebook: https://www.facebook.com/aguasdeprimavera/

    Compartilhe: