ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Cooperação entre Águas Cuiabá e HMC aperfeiçoa controle de consumo de água

    15/04/2021

     A ação conjunta entre Águas Cuiabá e Prefeitura aperfeiçoou o controle de consumo de água no hospital, que atende em média 2 mil pessoas por mês

    Profissionais da saúde vivem um momento desafiador. Em meio ao cenário da pandemia, entre consultas ambulatoriais, exames e cirurgias, em média, o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), maior hospital da região Centro-Oeste é responsável pelo atendimento médico de 2 mil pessoas por mês. Para otimizar esse atendimento e o uso do orçamento público a Águas Cuiabá, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, investiu no mês de fevereiro no diagnóstico de vazamentos no sistema de abastecimento de água. E por meio de melhorias na sondagem das redes do Hospital conseguiu preservar um milhão de litros de água que seriam desperdiçados.

    Realizar o levantamento do consumo de água em uma estrutura com tantas atividades como o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) não está restrito somente ao aumento da quantidade de pacientes nos trabalhos de urgência e emergência. Foi pensando em atender melhor aos usuários SUS e também na preservação do meio ambiente e melhor uso do dinheiro público que a companhia de águas da Capital, empresa do Grupo Iguá, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, investiu na realização de um diagnóstico minucioso nas redes de abastecimento do hospital.

    “A meta da gestão Emanuel Pinheiro é alcançar a universalização do saneamento básico com qualidade, com preservação ambiental e dando valor ao dinheiro público. Por isso estamos investindo em manutenção do sistema de abastecimento também. Para se alcançar esse objetivo é que trabalhamos em parceria com a Águas Cuiabá. Desde 2017, quando assinamos o Termo de Compromisso (TAC) para investimento em saneamento na capital, investimos R$ 543 milhões, o que resultou no salto de 33%, recebidos em 2017, para 64% em cobertura de esgotamento sanitário. E para 2021 estamos trabalhando muito para 100% dos lares cuiabanos sejam abastecidos com água e 91% deles tenham tratamento de esgoto até o fim da gestão. Serão R$ 1.120 bilhão investidos em saneamento básico, um marco na história da saúde pública da nossa gente”, destacou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

    Após constatação de um salto desproporcional superior à média mensal na conta de água, a concessionária identificou a necessidade de reparos na rede de abastecimento do HMC. Em 24 horas, sem que houvesse impactos significativos no atendimento do hospital, os profissionais da companhia corrigiram as tubulações, de forma que o fornecimento de água voltasse a ter garantias de qualidade e pressão ideais.

    Ederson Teixeira, gestor de grandes consumidores, afirma que além do uso de tecnologia da informação, é pelo programa de contato proativo, realizado junto a cada cliente, que se tornou possível o desenvolvimento de ações conjuntas na implementação de projetos específicos para cada perfil de consumidor, seja na indústria, condomínios, escolas ou hospitais.

    “O trabalho contínuo das nossas equipes e diálogo direto com a gerência do hospital, permitiu que ações simples como o uso de geofone e sondagens nas redes internas do HMC otimizassem as análises e prontamente desenvolvessem as atividades”, pontua Teixeira.

    Ederson evidencia ainda que um atendimento simples e eficiente promove mais assertividade, redução de custos para ambas as partes. “As análises revelaram disparidade em relação aos meses anteriores. Com a parceria de trabalho entre concessionária e prefeitura municipal, no mês de março, já foi possível constatar o retorno do equilíbrio no consumo. Uma ação simples que assegura pontos positivos para a pauta ambiental.”

    Como parte dos processos de atendimento, o diretor geral da companhia, William Figueiredo, revela ainda como a tecnologia de informação baseada na parametrização – processo que permite aferir, registrar o histórico e realizar a comparação imediata de dados no sistema da Águas Cuiabá – é um ponto fundamental na oferta e solução de serviços. Mas o gestor também destaca o papel das empresas na adaptação com o digital para encontrar um “meio termo” entre o atendimento no ambiente virtual padrão e o personalizado.

    “A pandemia modificou muito o cenário do atendimento ao consumidor. Com tantos meios digitais dominando a rotina do trabalho, manter o atendimento humanizado, como neste caso do Hospital Municipal de Cuiabá, revela-se positivo, tanto para companhia quanto para Prefeitura de Cuiabá. O cliente busca a personalização e, quando há a possibilidade de trabalhar em uma ação conjunta, é a sociedade que sai ganhando”, ressalta Figueiredo.

    Sobre a Águas Cuiabá?– Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 613 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

    Sobre a Iguá Saneamento – A Iguá é uma companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros – Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná – por meio de 18 operações que, somadas, beneficiam cerca de 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2020, a Iguá aderiu à Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A companhia foi eleita, em 2020, pelo quarto ano consecutivo, uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água. www.iguasa.com.br.

    Compartilhe: