ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Entrevista com Giuliano Dragone, presidente do SINDCON

    12/12/2014

    Entrevistado: Giuliano Dragone, presidente do SINDCON

    Sobre:

    Giuliano Dragone possui 17 anos de experiência no setor de saneamento. É Diretor de Operações da OAS Soluções Ambientais e Presidente do SINDCON. Formado em engenharia de produção química, pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem especialização pelo Office Internacional de L’eau, na França.

    Tema:

    Lançamento da Revista Canal SINDCON, dirigida aos colaboradores das empresas privadas afiliadas, além de um breve balanço das atividades da entidade.

    Entrevista:

    SD – Giuliano, como surgiu a ideia da produção de uma Revista, voltada aos colaboradores das empresas afiliadas?

    GD – Quando nós, do SINDCON, incluímos no nosso planejamento estratégico editar uma revista para profissionais que trabalham nas 112 empresas filiadas ao nosso Sindicato, de imediato notamos o grande desafio que teríamos pela frente.

    Nossa revista chega para compartilhar experiências, para ajudar e valorizar ainda mais os profissionais que têm feito as empresas privadas crescerem dentro do setor de saneamento básico do Brasil.

    Juntos, somamos mais de cinco mil pessoas que garantem mais qualidade de vida a uma boa parte da população do Brasil.

    SD – Quais os principais temas da primeira edição?

    GD – Nessa estreia, falaremos como nasceu o Sindcon e suas principais atribuições. Serão mostrados os resultados dos trabalhos deste ano, com destaque para o SPRIS – Sistema de Informações do Segmento Privado do Setor de Saneamento, um banco de dados que divulga nossos números, para que toda a sociedade perceba o quanto o segmento privado contribuí para o saneamento brasileiro. E mais, as pesquisas realizadas, entrevistas com profissionais do setor, uma matéria especial sobre a ABCON, mostrando a diferença de seu trabalho com o do SINDCON, pois as vezes, se confundem. O 5º ENA – Encontro Nacional das Águas, que faz parte do calendário nacional de eventos de saneamento, além do Prêmio Sustentabilidade 2015, lançado este ano e que muito nos orgulha, pois premiará os trabalhos criativos dos profissionais das empresas privadas de saneamento do país.
    SD – Percebemos que nos últimos dois anos o Sindcon se aproximou efetivamente dos profissionais das empresas associadas. Esse fato é decorrente da implantação do planejamento estratégico da entidade?

    GD – Sim. O saneamento básico é um setor com potencial de crescimento e isso significa, sob o ponto de vista de quem já tem emprego na área, mais possibilidades de desenvolvimento de carreira. Partindo desse princípio, consideramos a troca de informação e contribuição na capacitação desses profissionais, uma iniciativa positiva e agregadora.
    A força de trabalho do segmento privado se torna cada vez mais fundamental para alavancar o índice do saneamento brasileiro. Diariamente os noticiários nos revelam cidades com problemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de seus esgotos. Entendemos que a solução da crise hídrica no país passa pela iniciativa privada. Atendemos hoje 27 milhões de pessoas em 300 municípios brasileiros e esses números tendem a crescer consideravelmente nos próximos anos.

    ……………………………………………………………………

    Chegamos ao final de mais um ano. Aproveito para agradecer todos que estiveram conosco e que foram essenciais para o sucesso de nossas realizações.

    Que em 2015 estejamos mais próximos compartilhando conhecimentos e prestando serviços com excelência.

    Feliz Natal e um brinde ao Novo Ano.

    Saúde, alegria e felicidade sempre!

     

    Compartilhe: