ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Em 10 anos, falta d’água atingirá 2,9 bilhões

    27/02/2015

    Em 10 anos, falta d'água atingirá 2,9 bilhões

    Um relatório internacional divulgado nesta terça-feira, 24, adverte que, em 15 anos, a demanda mundial por água doce será 40% superior à oferta. Os países mais deficitários serão os com menos recursos e populações jovens e em crescimento. O documento do Instituto de Água, Meio Ambiente e Saúde (INWEH) da Universidade das Nações Unidas, com sede no Canadá, prevê que em 10 anos 48 países – e uma população de 2,9 bilhões de pessoas – estarão classificados como “com escassez ou com estresse de água”.

    De acordo com o relatório, “é provável que novos conflitos apareçam conforme se extrai mais de cada vez mais rios do mundo até o ponto de não chegarem ao mar”. Um dos principais problemas apontados é a corrupção no desenvolvimento de infraestruturas aquíferas e sanitárias. Estima-se que 30% do financiamento destinado a desenvolver recursos potáveis acabem sendo desviados para outros fins. “Em muitos lugares do mundo, a corrupção está provocando uma hemorragia de recursos financeiros que poderiam e deveriam estar disponíveis para eliminar a pobreza e apoiar os objetivos de Desenvolvimento Sustentável (da ONU), particularmente os relacionados à água.”

    (O Estado de S. Paulo – 25.02.15)

    Compartilhe: