ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Cidades atendidas pela iniciativa privada estão entre os bons exemplos do saneamento

    28/04/2016

    Ribeirão Preto (SP), Niterói (RJ) e Buritis (RO) foram os municípios escolhidos para mostrar ao público do 6ºENA alguns dos avanços obtidos pela participação da iniciativa privada no saneamento, de acordo com o conceito de “Cidades Saneadas”.

    Entre outros fatores, a ABCON e o SINDCON entendem a cidade saneada como aquela em que o saneamento é percebido como direito fundamental e responsabilidade de todos, reunindo pessoas com coragem e vontade de mudar, a partir do engajamento e do compromisso das gerações atuais com as gerações futuras.

    Para apresentar o trabalho árduo com que Ribeirão Preto atingiu o status de “cidade saneada”, a prefeita do município paulista, Dárcy Vera, veio ao ENA e participou da mesa ao lado de Paulo Roberto de Oliveira, presidente da GS Inima Brasil

    Outra cidade saneada no mapa da ABCON é Niterói, que se prepara para atingir a universalização da coleta e tratamento de esgoto no próximo ano. Esses e outros benefícios à população foram mostrados no ENA pelo diretor-presidente da concessionária  Águas de Niterói, Nelson Gomes.

    Ocilene Soares, presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Buritis, e José Ailton Rodrigues, diretor executivo da empresa Águas de Buritis, fecharam a plenária, com uma visão muito otimista da nova realidade que o município vive desde que passou a contar com a concessão privada.

    Além das experiências nacionais, o evento contou a participação de dirigentes da Aquafed, Federação que reúne entidades e empresas privadas do setor de saneamento básico.  Relatos excepcionais de parceria público-privada em cidades francesas e africanas  foram apresentados como casos de sucesso em países de diferentes estágios de desenvolvimento.

     

    Matéria 3 - Cidades atendidas pela iniciativa privadaMatéria 3

    Compartilhe: