ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • Caconde perde 75% da água captada e prefeitura quer privatizar o abastecimento

    20/08/2018

    Rede de água da cidade tem mais de 50 anos e apresenta muitos vazamentos. Prejuízo é de R$ 1,25 milhão por ano, segundo levantamento.

    Caconde (SP) perde 75% da água captada e tratada, segundo a avaliação de uma empresa contratada pela prefeitura. Com prejuízo de R$ 1,25 milhão, a administração municipal quer propor a privatização do serviço de abastecimento.

    A perda é causada por vazamentos na rede e também pelo desvio de água. Segundo a empresa, que é especializada em gerenciamento de recursos hídricos, a maior fonte de desperdício são vazamentos na tubulação da rede de água, instalada a há mais de 50 anos.

    São redes muito antigas, metálicas ainda, que estão podres com o tempo e teriam que ser substituídas, principalmente no centro da cidade que é a parte mais antiga”, afirmou o diretor de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Caconde, Reginaldo Antônio de Souza

    O resultado é que, além de os moradores pagarem por uma água que não usam, também recebem pouca água em suas casas e estabelecimentos, como a comerciante Fabíola Araújo. Ela adaptou a rotina da casa e da sua lanchonete ao abastecimento de água.

    “Água da rua, principalmente no período da tarde, tem faltado, mas a gente tem caixa e nós estamos economizando. Aqui não se lava janela, não se lava carro, não lava nada”, afirmou.

    “[Na lanchonete] na emergência tem um galão para jogar no banheiro, mas se precisar lavar uma verdura, que precisa de água limpa, tem que ser em casa”, completou o marido Antônio Fernando Corrêa.

    Caconde decretou estado de emergência e passa por uma restrição de utilização de água, devido à estiagem e a diminuição da captação. Quem desperdiça paga multa de R$ 165 e, em caso de reincidência, o valor sobe para R$ 548.

    Segundo a especialista e professora do departamento de Hidráulica e Saneamento do campus de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP), Luiza Fernanda Ribeiro Reis, além das perdas financeiras, o desperdício de água traz prejuízos ambientais.

    “Se você tem uma perda elevada, você é forçado a tirar mais água dos mananciais e isso é um fator de descompensação para o meio ambiente, se não, nos força a procurar outras fontes de abastecimento”, disse.

    Compartilhe: