ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • BRK Ambiental contribui para o avanço do saneamento básico no Tocantins

    27/01/2021

    O Tocantins passa por um processo de transformação no saneamento básico. Enquanto os demais estados do Norte do Brasil registram os piores índices do país, Tocantins dá passos importante rumo à universalização dos serviços. Por lá, o saneamento básico tem ganhado destaque graças aos investimentos realizados pela BRK Ambiental, companhia que presta os serviços de água e esgoto em 47 municípios tocantinenses. No panorama regional, Palmas é destaques da região Norte do país.

    A cidade, que tem os serviços de água e esgoto universalizados, é um contraste diante da realidade do saneamento básico no Brasil. Os resultados do progresso no atendimento com coleta e tratamento de esgoto e abastecimento de água tratada repercutem nos números de saúde do município.

    Continue a leitura e saiba mais sobre os avanços no saneamento básico no Tocantins.

    Investimento em saneamento no Tocantins

    Em 2012, Palmas, a capital de Tocantins, fazia a coleta de apenas 33% do esgoto da população. Com os avanços dos serviços de saneamento da BRK Ambiental, a cidade já trata 100% do esgoto coletado e atende a cerca de 90% da população. Com isso, a meta de universalização contratual foi alcançada.

    Agora, o objetivo é aumentar esse nível com novos investimentos em saneamento. Além de Palmas, as cidades atendidas pela BRK Ambiental no Tocantins são:

    Aguiarnópolis;
    Aliança do Tocantins;
    Almas;
    Alvorada;
    Araguaçu;
    Araguaína;
    Araguanã;
    Arapoema;
    Arraias;
    Augustinópolis;
    Babaçulândia;
    Barrolândia;
    Buriti do Tocantins;
    Campos Lindos;
    Carrasco Bonito;
    Colinas do Tocantins;
    Colmeia;
    Combinado;
    Cristalândia;
    Dianópolis;
    Figueirópolis;
    Filadélfia;
    Formoso do Araguaia;
    Goiatins;
    Guaraí;
    Gurupi;
    Lagoa da Confusão;
    Lavandeira;
    Miracema do Tocantins;
    Miranorte;
    Natividade;
    Nazaré;
    Nova Olinda;
    Palmeiras do Tocantins;
    Palmeirópolis;
    Paraíso do Tocantins;
    Paranã;
    Peixe;
    Porto Nacional;
    Rio Sono;
    São Miguel do Tocantins;
    São Sebastião do Tocantins;
    Taguatinga;
    Tocantinópolis;
    Wanderlândia;
    Xambioá.

    A BRK e o avanço do saneamento básico no Tocantins

    A BRK Ambiental começou a atuar em 2017 no Tocantins, mas outros grupos privados já atuavam no estado desde 2011. De 2012 para cá, o histórico sobre o acesso aos serviços de água e esgoto no Tocantins mostra que esse número era próximo de zero, e atualmente 38% da população do estado já é atendida com coleta de esgoto.

    Em algumas regiões, como Palmas — cidade com maior número de habitantes, beirando os 300 mil —, a cobertura já chegou ao patamar de universalização. Outros municípios também estão avançando nesse cenário. Em suma, o número tem aumentado em todo o estado.

    O diferencial é que, no Tocantins, a BRK trata 100% do esgoto que coleta. Além disso, não há a prática de afastamento de esgoto — que é a coleta da casa do morador e seu despejo in natura no manancial mais próximo. Todo esgoto coletado tem que ser tratado antes de ser devolvido à natureza. Com relação ao abastecimento de água, as cidades que a BRK atende no estado do Tocantins são plenamente universalizadas.

    Esses dados refletem números importantes para a saúde e a educação. Palmas já é uma cidade com níveis muito menores do que o restante do estado e da região Norte do Brasil em termos de internações de crianças por doenças de veiculação hídrica.

    Os impactos do acesso ao saneamento básico e a expertise da BRK Ambiental

    Além de saneamento básico, a BRK Ambiental leva ações socioambientais para diversas cidades do estado. Para a BRK, a educação ambiental é muito importante e faz parte da estratégia de sustentabilidade da companhia— tanto para crianças quanto para adultos. Constantemente, a empresa promove circuitos de atividades, como palestras, teatros e outras ações que abordam a importância do saneamento básico para a saúde e a preservação ambiental nas cidades atendidas, com dicas de consumo consciente e a utilização correta dos equipamentos de saneamento.

    Com isso, as pessoas conseguem entender um pouco mais sobre como a saúde delas e a presença dos serviços de saneamento estão relacionadas. Além disso, a BRK Ambiental no Tocantins também possui um programa chamado ‘Portas Abertas’, que recebe a comunidade de maneira geral para visitar as estações de água e esgoto nas cidades em que isso é possível – alguns municípios não têm estações de tratamento porque a captação é subterrânea, então, nesse caso, a visita não é viável.

    Para as situações em que a visita presencial não é possível, a BRK disponibiliza um tour virtual, no Projeto Portas Abertas 360. A visita está disponível em duas versões, uma versão informativa para adultos e outra com uma linguagem lúdica, porém educativa, com a participação de personagens animados para as crianças.

    Esse eixo de educação ambiental é muito importante, mas não é o único. A BRK no Tocantins também tem ações de plantio de mudas em áreas que foram degradadas, além de patrocinar eventos esportivos e culturais na região.

    Saúde

    Com os avanços nos serviços de água e esgoto, a saúde dos moradores de Palmas melhorou consideravelmente. Entre 2012 e 2017, o número de internações por doenças de veiculação hídrica caiu de 19 para cerca de 8 casos a cada 10 mil habitantes, segundo dados do Painel Saneamento Brasil.

    Os casos em crianças de 0 a 4 anos — grupo mais vulnerável a essas doenças — também apresentaram melhora. No mesmo período, as ocorrências saíram de 146 a cada 10 mil habitantes para 87 internações. Com isso, os gastos do setor público com internações por esse motivo caíram de R$178 mil para R$130 mil.

    Palmas tem uma das maiores estações de tratamento de esgoto da região Norte do país, pronta para tratar cerca de 830 mil litros de esgoto por hora. Os avanços não param por aí: novos investimentos já estão previstos para a construção de uma nova estação na parte sul do município. O empreendimento contará com a tecnologia holandesa Nereda e novas redes de coleta para atender as diversas áreas da cidade. É assim que o saneamento básico no Tocantins ganha cada vez mais destaque.

    Compartilhe: