ÁREA DO ASSOCIADO

  • Conectar-se
  • ÁGUAS GUARIROBA PREMIA PROFISSIONAIS DA IMPRENSA DE CAMPO GRANDE

    30/11/2015

    A Águas Guariroba entregou no último sábado, 7 de novembro, o 6º Prêmio de Jornalismo Ambiental. Cada um dos cinco premiados recebeu um troféu e um cheque de R$ 5 mil. A cerimônia de premiação aconteceu no Buffet Le Tuquet. Foram vencedores João Garrigó, na categoria Fotojornalismo; Osvaldo Júnior, na categoria Jornal Impresso; Anderson Viegas, em Webjornalismo; Ana Carolina Souza em Radiojornalismo e Ellen Genaro representou a equipe da TV MS Record, campeã na categoria Telejornalismo.

    José João Fonseca, presidente da Águas Guariroba, destacou a importância da imprensa no papel de disseminar informações sobre saneamento básico e o reconhecimento que a concessionária dá aos profissionais da comunicação em Campo Grande. “Quero parabenizar a participação de todos os jornalistas. Tivemos trabalhos espetaculares inscritos, muita informação valiosa foi compartilhada com toda a população”, disse.

    Vencedor na categoria Webjornalismo, Anderson Viegas, do G1 MS, explicou que o prêmio representa o reconhecimento de um grande trabalho, que durou cerca de dois meses para ser concluído. A reportagem vencedora foi “Uso Racional da Água começa a fazer parte do cotidiano em Campo Grande”. “Este prêmio é uma grande iniciativa, estimula não só a produção de matérias que tratam de meio ambiente, como de saneamento básico. Além disso, acaba por conscientizar a própria população que recebe informações sobre o tema”, afirmou.

    Na categoria Jornal Impresso, o jornalista Osvaldo Júnior foi campeão do Prêmio de Jornalismo Ambiental. “Eu acho essa iniciativa muito boa por duas razões: primeiro pelo fato de valorizar o jornalista e segundo pela temática, que é meio ambiente. É um tema atual e importante. As pessoas no dia a dia não têm noção da importância de ter toda uma prática sustentável, porque é o que assegura a continuidade do nosso planeta”, comentou Osvaldo, que neste ano foi campeão com a reportagem “Uso racional da água: saída sustentável para redução de despesas”, publicada no Correio do Estado.

    A jornalista Ana Carolina Souza, da Rádio Web MS, levou o prêmio na categoria Radiojornalismo. A série de reportagens “Água – Poupar para não faltar”, mostrou iniciativas sustentáveis com o uso consciente da água. “Com o assunto sustentabilidade sempre em pauta, nosso trabalho trouxe ideias e propostas  apresentadas em escolas, universidades,  inclusive nos presídios, mostrando o que as pessoas podem fazer, o que delas pode vir para tornar o mundo mais sustentável. Foi muito gratificante fazer este trabalho. Demandou muita pesquisa, muitas entrevistas, mas valeu a pena”, declarou.

    Com foto publicada na reportagem “Programa transforma produtores rurais em conservadores de água”, no site de notícias Campo Grande News, João Garrigó levou o prêmio na categoria Fotojornalismo. “Fico muito feliz, é um prêmio muito concorrido, com trabalhos muito bons inscritos. É um pontapé na carreira de fotojornalista”, comentou.

    Na categoria Telejornalismo, a editora-chefe da TV MS Record representou a equipe que dedicou um jornal inteiro para tratar do tema saneamento e meio ambiente. “Foi um jornal que  planejamos com muito carinho, em todos os detalhes, envolveu toda a equipe. Foi o jornal que mais marcou entre os que fizemos fora do estúdio, e ele ainda foi premiado, deu tudo certo. Foi um trabalho inovador, ousado e que foi 100% perfeito para o ar”, comemorou a jornalista.

     

    imprensa

    Profissionais da imprensa de Campo Grande vencedores pelo Prêmio de Jornalismo Ambiental.

    Compartilhe: